Pinheiro do Oregon

Nome:
Abeto de Douglas, Pinheiro do Oregon – Pseudotsuga menziesii

Dimensão adulta:
Altura até 50 metros e largura até 15 metros na Europa (com 150 anos). Nos Estados Unidos, as espécies mais velhas chegam a atingir 100 metros de altura.

Origem:
Do México ao Alasca, regiões costeira a 3000 metros nas Rochosas. Descoberta em 1792, introduzida em 1827.

Folhagem:
Persistente

Tipo de solo:
Evitar solos demasiado extremos, demasiado secos, demasiado húmidos ou demasiado compactos.

Clima:
Tem necessidade de alguma humidade. Enquanto jovem, não suporta as geadas tardias da Primavera ou as geadas precoces do Outono. Rústico até -16° c.

Exposição:
Sol

Características e utilizações:
A sua folhagem é flexível e de um verde claro, o seu crescimento rápido e o seu tronco direito, tornam-na numa bela árvore de parque para plantar isolada. A variedade costeira, chamada douglas verde, é a mais interessante para a exploração florestal. As florestas de Limousin, de Bourgogne ou de Auvergne são também exemplos de florestas cultivadas com esta espécie. Excelente madeira para a carpintaria e diversas utilizações. Muito resistente.

Anúncios